focar é preciso, viver não é preciso

Universidade. Dinheiro. Namorado. Artigo. Família. Decisões. Política. Brasília. Amigos. Cinema. Pressão. Viagem. Trabalho. Interesses. Blogue. Escolhas. Mercado. Procrastinação. Mudanças. Deveres. Saúde. Competição. Medo. Preguiça. Reuniões. Livros. Desafios. Angústias. Tempo. Tempo. Tempo. Redes sociais. Sonhos. Sono. Insônia. Cochilar menos. Cochilar menos e dormir mais. Dormir mais e melhor. Metas. Meta de leituras atrasada. Meta de filmes atrasada. Estreias que quando vejo já são passado. É preciso ter foco. No cinema, o foquista é o profissional responsável por cuidar do foco no momento da filmagem. A direção de fotografia no cinema é algo complexo e, em muitos casos, é necessário duas pessoas para operar a câmera: o operador e o foquista. O câmera segue os direcionamentos do fotógrafo e o foquista, por sua vez, segue os direcionamentos do operador. Sempre gostei de fotografias sujas no cinema, planos desfocados, enquadramentos estranhos, cortes secos, luz natural, imagens sem os famosos e irritantes filtros para agradar nosso olhar. Preciso manter o foco e aprender a ser o melhor foquista possível para esse plano sequência que é minha vida. Está difícil ser Cinema Novo. Está difícil ser câmera na mão.