meus discos favoritos de 2015

Espero que o título seja o suficiente para evitar retaliações. Esta não é uma lista dos melhores discos nacionais de 2015, e sim dos meus favoritos. Já tive um blogue sobre música onde anualmente fazia uma lista dos melhores lançamentos e, agora que estou blogando novamente, decidi fazer essa brincadeira mais uma vez. Devo confessar que foi muito difícil selecionar apenas dez de uma pré-lista de duzentos álbuns que eu fiz; foi um verdadeiro suicídio. Ademais, sendo muito sincero com o Leitor, tenho de admitir que não ouvi tudo com a mesma atenção. Uns eu escutei mais que outros, sendo que, no final, esse foi uns dos critérios para a seleção.

Justamente por não ter apreciado todos com a mesma dedicação, sei que me arrependerei futuramente por ter deixado alguns de fora, como já é o caso de ‘Carbono’ do Lenine, ‘Estado de Poesia’ do Chico César, ‘Selvática’ da Karina Burh, além de tantos outros. Isso significa que, se eu tivesse que refazer essa lista daqui a alguns anos, ela com certeza sofreria alguma alteração, por menor que seja. Mas é como eu sempre digo: listas só existem para deixar algo de fora, ainda mais quando o assunto é a música brasileira. Você sabe como é, né? Música nacional ou você gosta, ou você não conhece. Ademais, não vou ficar rasgando seda para os escolhidos (tentarei, pelo menos), já que aprendi com o meu finado blogue de música que não adianta ficar justificando ou tentando convencer os leitores das minhas escolhas. Portanto, além da própria lista, me limitarei a breves comentários. O que quero mesmo é que vocês ouçam e tirem suas próprias conclusões. Eis a seguir a minha lista:

10° Selva Mundo (Vivendo do Ócio)
Selva MundoOUVIR

Em décimo lugar, ‘Selva Mundo’, da Vivendo do Ócio. Trata-se do terceiro álbum de estúdio da banda baiana que estava há três anos sem registrar nada de novo. Lançado de forma independente e sem a participação de Rafael Ramos, que produziu os discos anteriores, ‘Selva Mundo’ mostra um lado ainda mais roqueiro da banda nacionalmente conhecida pelo seu som indie.

9° De Baile Solto (Siba)
De Baile SoltoBAIXAR

Em nono lugar, ‘De Baile Solto’, do Siba. O segundo álbum de carreira solo do pernambucano conseguiu ser ainda melhor que o muito elogiado ‘Avante’ (seu trabalho anterior). Tenho de confessar que só vim ter contato com a música do Siba no ano passado, consequência da falta de tempo e do grande número de discos lançados anualmente. Simplesmente não consigo acompanhar tudo (mas sigo tentando).

8° Ava Patrya Yndia Yracema (Ava Rocha)
Ava Patrya Yndia YracemaBAIXAR

Em oitavo lugar, ‘Ava Patrya Yndia Yracema’, da Ava Rocha. Este é, sem dúvida, um dos discos mais deliciosos de 2015. Com um som fortemente influenciado pelo tropicalismo, o álbum é uma verdadeira colagem antropofágica. Glauber Rocha (seu pai) ficaria muito orgulhoso.

7° Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa (Emicida)
Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa

Em sétimo lugar, ‘Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa’, do Emicida. Esse é o segundo álbum de estúdio do cantor paulista e conta sua experiência de viagem à África, com músicas sobre preconceito, racismo e indiferença.

6° Eu Vou Fazer Uma Macumba Pra Te Amarrar, Maldito! (Johnny Hooker)
Eu Vou Fazer Uma Macumba Pra Te Amarrar, Maldito!OUVIR

Em sexto lugar, ‘Eu Vou Fazer Uma Macumba Pra Te Amarrar, Maldito!’, do Johnny Hooker. Assim como a maioria das pessoas, conheci o som do Hooker através de sua aparição em ‘Tatuagem’, o excelente filme de Hilton Lacerda. O disco em questão é um dos mais interessantes dessa nova leva de artistas brasileiros.

5° O Homem Bruxa (André Abujamra)
O Homem BruxaOUVIR

Em quinto lugar ‘O Homem Bruxa’, de André Abujamra. Esse é o quarto álbum de estúdio da carreira solo do músico paulista. O disco tem algumas músicas em homenagem ao seu pai, Antônio Abujamra, falecido ano passado, que também da voz a algumas composições. O material já estava pronto antes dele morrer, servindo como uma última homenagem ao importante diretor, ator e apresentador.

4° Babylon By Gus – Vol. II: No Princípio Era O Verbo (Black Alien)
Babylon By Gus – Vol. II No Princípio Era O VerboOUVIR

Em quarto lugar, ‘Babylon By Gus – Vol. II: No Princípio Era O Verbo’, do Black Alien. O segundo álbum de estúdio da carreira solo do rapper carioca demorou onze anos para ser lançado, mas a espera valeu muito à pena.

3° Fortaleza (Cidadão Instigado)
FortalezaBAIXAR

Em terceiro lugar, ‘Fortaleza’, do Cidadão Instigado. O quarto trabalho de estúdio da banda traça uma interessante reverência à sua cidade de origem. Poucas vezes ouvi uma homenagem tão linda.

2° Vinil Virtual (Daniela Mercury)
Vinil Virtual

Em segundo lugar, ‘Vinil Virtal’, da Daniela Mercury. O décimo primeiro álbum de estúdio da cantora baiana só veio reforçar sua grande evolução como compositora. Com todas as faixas escritas por ela, o disco é um manifesto ao amor, em todas as suas formas.

1° A Mulher do Fim do Mundo (Elza Soares)
A Mulher do Fim do MundoOUVIR

Em primeiro lugar, ‘A Mulher do Fim do Mundo’, da Elza Soares. Esse disco eu posso afirmar que jamais mudaria de lugar. Além de mantê-lo para sempre na lista dos melhores de 2015, afirmo que ele entrará para a história como um dos álbuns mais importantes da música brasileira de todos os tempos. Viva, Elza!

E você, Leitor, quais os seus discos brasileiros favoritos de 2015? Me conta! Vamos trocar figurinhas.

Anúncios
Post anterior
Deixe um comentário

7 Comentários

  1. Olha, não sei se foi lançado em 2015, mas ouvi o ano inteiro… delirium de Ellie Goulding… adoro a voz dessa cantora e do ritmo de suas músicas. No mais, ando muito a moda antiga, vivendo das minhas “velharias”. Um pouco de bossa (Tom Jobim na voz de Gal Gosta) e SImone em dueto com Zélia Duncan… U2, Pearl Jeam e outros…

    Tem mais, com certeza…
    Bacio

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  2. Gostei muito de como definiu “Música nacional ou você gosta, ou você não conhece”. Alguns dos artistas citados na sua lista eu não conhecia, mas fiquei curiosa para ouvir.

    Um abraço!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  3. Mulher do Fim do Mundo é maravilhoso, sem dúvida um dos melhores disco de 2015, Elza conseguiu se reinventar e continuar com aquele som maravilhoso dela

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  4. Ouvi poucos discos que foram realmente lançados ano passado (da sua lista, só escutei o da Ava Rocha, que também gostei muito, apesar de não achá-lo fácil). Mas o que mais curti, dos nacionais, foi de longe o Dilúvio, do Dani Black. O cara conseguiu dar um salto em todos os aspectos – produção, composição, performance… enfim, um discaço do início ao fim. Abraçs!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  5. Estava bastante animado para ouvir o novo disco da Elza. Fiquei ainda mais depois de tê-lo visto no topo da lista. Fiquei muito feliz em ver o disco do Johnny entre os dez. Este homem tem algo que me encanta (mas não sei dizer o que é).
    Obrigado pelas indicações. Vou tentar ouvir cada um deles!

    Abraços

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  6. Olá. Em 2015 descobri uma velharia, uma compilação do jazz inglês do final dos anos sessenta e começo dos setenta. O álbum é Impressed 2 With Gilles Peterson (Peterson é o compilador). Encontrei muita coisa que não esperava, como o jazz do indiano Amancio D´Silva, incorporando cítaras e tablas; uma cantora maravilhosa (Norma Winstone) em Will You Walk A Little Faster, de Neil Ardley e muito mais. As músicas estão lá no Youtube e valem uma conferida. Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  7. Em tempo: quanto a Will You Walk A Little Faster, descobri depois ser um poema de Lewis Carroll, lá no Alice No País Das Maravilhas, com música e arranjos de Neil Ardley. E é isso. Gostei do teu blog. Abraços.

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: