segunda-feira

Dizem por aí que sinceridade é tudo nessa vida. Se é ou não, eu não sei. A verdade é que eu sou bem mais sincero do que gostaria. E sendo sincero com o Leitor, tenho que confessar que não sei sobre o que escrever hoje. Já é terça-feira e, se vocês não notaram, tento postar um texto novo toda segunda-feira. Acontece que sempre que clico no botão “Publicar” inicia-se em mim uma pequena crise de ansiedade para saber sobre o que vou escrever na próxima segunda. Passo a semana inteira escrevendo mentalmente o próximo texto, mas só na segunda eu realmente sento para escrever. Durante a semana escrevo outras coisas que não são posts. Isso significa que os textos que vocês leem não são textos dormidos, muito pelo contrário, quando são postados é porque eles acabaram de sair do forno.

De tempos em tempos eu passo a acompanhar algumas colunas semanais que sempre deixo de acompanhar futuramente. Gostaria muito de saber como esses escritores conseguem sempre escrever algo toda semana. É por isso que existe esse termo “escritor profissional”. Eu não, eu sou amador. Por isso que acho que nunca firmaria um compromisso de escrever religiosamente toda semana. Aqui no Satãnatório é mais simples. Só escrevo em duas ocasiões: quando tenho algo a dizer ou quando não tenho algo a dizer e escrevo sobre isso. Ou já esqueceram o texto sobre necessidade dramática?

Não foi diferente após o texto da segunda-feira da semana passada. Falei com uma amiga sobre não saber o que escrever para a segunda dessa semana e ela se limitou apenas a comentar com um “Jaírlos e seu amor por segundas-feiras”. Mal sabia ela que naquele momento me dava uma pseudo-ideia para o próximo texto. Confesso que a descartei minutos depois com o receio de que vocês não se interessassem em ler algo sobre o dia da semana mais odiado do mundo. E se vocês que estão acostumados a lerem o que escrevo sobre as coisas que não gosto, pensam que esse é mais um texto de ódio, podem ter a certeza de que estão enganados, porque eu realmente gosto de segundas-feiras. Sim, vocês leram isso, eu gosto. Nem quando escrevi um texto dizendo que não gosto de séries fiquei com tanto receio de fazer uma afirmação como essa.

Não acredito em maldições, mas muito provavelmente sou vítima de algo nominalmente parecido envolvendo as segundas-feiras. Acontece que quando alguma coisa (boa ou ruim) me faz fugir da rotina na segunda, a semana inteira acaba saindo também. Ou seja, a semana inteira pode ser boa ou ruim se a minha segunda-feira fugir da rotina. Mas tenho que confessar que não é muito frequente, já que a semana tem sete dias. E se em qualquer um dos outros seis minha rotina se modificar com algo bom ou ruim, ele será o único. É algo que não tenho controle. Talvez seja herança da minha mãe que me disse que acontece o mesmo com ela. Não sei o porquê disso acontecer, só sei que é assim.

Ainda sobre segundas, ao contrário dos meus amigos que acordam neste primeiro dia da semana com ódio da vida, eu acordo bem. Durante os dias que o sucedem, eu geralmente acordo mal porque estou cansado, mas como descanso no final de semana, na segunda eu acordo disposto. E se tem uma coisa que eu gosto é de acordar disposto. Não consigo entender esse ódio (muitas vezes gratuito) por segundas-feiras. Na prática ela é igual a todos os outros dias. Eu sei que é difícil sair do sábado e domingo e engrenar na rotina (muitas vezes enfadonha) da semana, mas terças, quartas e quintas são mais odiáveis para mim. Na segunda é mais fácil enfrentar tudo, mas no dia seguinte com o cansaço conquistado na segunda já fica mais difícil. Menos na sexta, com sua promessa de final de semana.

Por isso publico nas segundas, e por mais que pareça uma obrigação desnecessária ter um dia para postar, acaba não sendo tão difícil assim. Tendo sido eu quem escolheu o dia, tratei de escolher justo aquele no qual estou mais descansado, que é quando eu mais rendo. Sempre foi assim com os meus blogues anteriores. Mesmo quando eu escrevia no meio da semana, acabava postando apenas na segunda. Talvez porque tenha a grande ilusão de que quem segue o blogue gosta do que escrevo e, postando nas segundas, é como se eu estivesse dando um presentinho para quem me acompanha, assim como me presenteiam quando compartilham ou comentam. Acho que também tenho com isso a ilusão de que a segunda será um pouquinho melhor para nós todos.

De toda forma, esse é um texto sobre nada. Afinal, eu não sei sobre o que escrever e o tema “segunda-feira” não rendeu tanto como eu imaginei que renderia. O que importa é que, escrevendo essas linhas, acabei tendo uma ideia para um texto novo. Mas agora vocês e eu teremos que esperar até a próxima segunda. Abraçaço

Anúncios
Deixe um comentário

5 Comentários

  1. Compreendo e compartilho desses mesmos sentimentos. A segunda-feira é um dos melhores dias, no meu ponto de vista, porque é como um dia que determina como será o resto da minha semana. Um recomeço semanal, para ser mais exata. Se minha segunda for ruim, sabe-se lá porque, tudo parece conspirar contra os outros dias também. É incrível isso!

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
  2. Estranhei você não ter postado nada na segunda :( Pois bem, voltei aqui hoje e encontrei um texto sobre nada, mas que diz tudo :D Seus textos são agradáveis porque são como um diálogo com o leitor, gosto disso. A respeito do ódio (gratuito) para com as segundas, eu acho que é por causa das bebedeiras no final de semana :P Na segunda a ressaca pesa rsrsrs

    Na próxima segunda eu te espero, hein? <3

    Curtido por 1 pessoa

    Responder
    • Você considera os textos como diálogo porque a ideia é justamente “conversar” com vocês através deles. E volte sim na segunda que teremos texto novo :) abraço

      Curtir

      Responder
  3. Ótima reflexão. As segundas não são ruins, mas reclamar delas faz parte de uma catarse pela qual extravasamos as atribulações de uma semana corrida, que começa nas segundas (me desculpem os domingos pela sinceridade).
    Quanto às publicações, também tive a preocupação de manter uma rotina no meu blog (superjuridico.wordpress.com), liberando algo novo toda quarta, o que vinha conseguindo fazer até começar este semestre, bastante atribulado, com muitas semanas só de segundas-feiras…

    Curtido por 1 pessoa

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: