não gosto de séries, sério

Já consigo ver a decepção de muitos de vocês com essa minha confissão, mas é verdade: não gosto de séries. Seriados eu até vejo uma vez ou outra. E antes que me digam que os dois são a mesma coisa graças a essa nova geração que está usando as palavras série e seriado como sinônimos uma da outra, eu vou continuar fazendo essa diferenciação. Porque aprendi que séries possuem uma sequência para cada episódio que deve ser seguida, e que o episódio seguinte completa o anterior, fazendo com que tenhamos que assistir na ordem para entender. Já os seriados não possuem necessidade de continuidade, e podemos assistir fora da ordem em uma sequência completamente aleatória que mesmo assim vamos compreender. Enquanto essas definições não caírem por terra, vou seguir usando-as.

Se eu acho as séries ruins? Claro que não. Todas são melhores que qualquer novela e algumas são melhores que muitos filmes que estão por aí. Mas eu não tenho tempo para ver séries, então fujo delas como o Cão foge da cruz. Você vai me dizer que o título do post deveria ser “não tenho tempo para ver séries”, mas não é só isso que me impede de assisti-las.

Na adolescência eu cheguei a assistir bastante, e elas nem eram tão boas quanto as que estão sendo feitas agora. Queria estar entrando na adolescência hoje. Mas tenho um sentimento de urgência que é crônico e que não me permite gastar muito tempo em uma mesma atividade. É por isso que eu escrevo tão rápido os textos que vocês leem e é por esse mesmo motivo que estes não são nada rebuscados. Escrevo como se estivéssemos conversando.

Não gosto nem de imaginar a possibilidade de ver dez séries novas sendo lançadas e já ter outras cinquenta esperando para serem iniciadas do zero. É terrível se preparar para colocar a série (na maioria das vezes, as séries) em dia no final de semana ou no feriado prolongado e não conseguir. E a pseudo-alegria de colocar uma em dia, tendo outras vinte atrasadas? Maratonar série não é algo que eu desejo para mim. Só a palavra maratona já me desanima.

Eu sempre digo que prefiro usar o tempo que gastaria vendo uma série assistindo a muitos filmes diferentes, o que me faria aproveitar o tempo com várias estórias do que se estivesse focando apenas em uma. Mas meus amigos sempre dizem que séries são curtinhas, que eu posso encaixar um episódio naquela horinha do almoço, ou quando chego em casa no fim da tarde. Mas não adianta, eu sei como são as séries e sei também que se eu for assistir a um episódio, quando eu me der conta (horas depois) eu estarei lá pelo episódio vinte. E mesmo que eu fosse uma pessoa controlada (e não sou), esse tempinho livre na hora do almoço e no fim da tarde eu sempre uso para ler, já que se eu ficar muito tempo me debruçando sobre um mesmo livro já me bate novamente o sentimento de urgência que faz com que eu o termine logo para já iniciar outro.

Essa urgência de terminar logo uma leitura para iniciar outra faz parte daquele clichê que eu falei no post Eterno Ignorante, Parte 1, em que não vamos ver todos os filmes que queremos nem ler todos os livros que temos vontade. Para mim, isso já é uma derrota grande o suficiente para ter que incluir nela as séries que não vou conseguir assistir, então eu já abro mão delas.

Além disso, não sou um grande mestre na arte de esperar, e sofrer pela próxima temporada que parece nunca chegar não é nada agradável. Isso quando a série não é cancelada sem mais nem menos e você fica eternamente sem um final. Mas também é difícil sofrer com os finais ruins que são tão comuns entre as séries. E essa lista não para por aqui. Ver nossos personagens favoritos morrerem, ver o diretor e o roteirista serem trocados, coisa que também acontece com o elenco, embora nada disso se compare ao inimigo supremo: o spoiler. É, meus amigos, séries são para os fortes, e eu não sou.

Anúncios
Post anterior
Post seguinte
Deixe um comentário

17 Comentários

  1. Realmente, o último argumento (da troca de equipe de produção, roteiro e elenco) é bem comum e decepciona.

    Curtido por 2 pessoas

    Resposta
  2. Compartilhamos do mesmo sentimento. Eu assisto algumas séries, mas estou tão estagnado com meus grupos de amigos sempre me indicando novos conteúdos que acabo surtando e não assistindo nada. Vi muito de mim no seu texto, rs!

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  3. Voto com o relator, embora goste de séries. Compartilho da ansiedade em esperar semanas para ver o próximo episódio, mid seasons e anos para, talvez, ter um fechamento para aquela narrativa. Então só assisto temporadas e/ou séries completas e fujo de spoilers!

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  4. Brenda

     /  24 de junho de 2015

    Acho que tem toda razão, mas sou louca por séries. Não consigo ficar sem assistir.

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  5. Eu não gostava muito de séries, aí comecei a assistir algumas, viciei e larguei de mão. Sempre acabo largando de mão, por algum motivo estranho tenho mais paciência para ver um filme do que uma série ou um seriado. Porém o fato de não olhar séries/seriados foi substituído por ver novelas, atualmente assisto três. É um sofrimento. Quisera eu poder me livrar, mas é difícil. Até hoje vi uma série completa (Twin Peaks) e um seriado inteiro (The Golden Girls, sete temporadas e hoje me parece estranho pensar como tive paciência). Com a novela também não tenho estômago, qualquer mudança brusca na trama já me faz ter coisas, o que me faz pensar que é a mesma sofrência que uma série ou seriado, só que em português.

    Curtido por 2 pessoas

    Resposta
    • Imagino que seja um sofrimento mesmo. Além de ter que acompanhar todo dia, tem que ser naquele horário certo. É preciso muita dedicação para assistir uma novela que geralmente dura em torno de seis a oito meses. E você acompanha 3, é muito guerreira rs

      Curtir

      Resposta
  6. Compreendo a ânsia sentida por você de conhecer o máximo possível, de aproveitar o tempo que passa tão rápido. Muitas vezes sinto o mesmo, principalmente com livros, mas sabe uma coisa que eu aprendi com série? Que você aprende a lidar melhor com o tempo, com as mudanças e a perceber que você muda e a sua percepção também. Os personagens crescem aos seus “olhos” porque você cresce. No tempo de espera para novos episódios serem lançados, você continua vivendo, experimentando novas experiências, lendo outras coisas, conhecendo novas pessoas e ai passa a “ver” coisas que antes parecia nem existir.
    Mas sabe uma das coisas que me faz não gostar de séries? É que ela me mostra que eu não tenho memória.

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  7. Como tudo, ou quase tudo, elas têm o seu lado bom e o ruim. Talvez o melhor, a diversidade. Podemos escolher, o que em um passado não muito distante, éramos reféns do que era exibido em um único canal. O pior? Bom, a escolha é múltipla. Hoje, confesso, gosto mesmo é de um livro, os discos ou um filme, deixo as séries na escolha múltipla de um dia qualquer. Meu abraço.

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  8. Eu já gostei mais de séries… hoje eu assisto algumas apenas. Uma ou outra, como Castle. Mas confesso que espero acabar a temporada e assisto inteira, justamente por não ter paciência para aguardar o próximo episódio.
    Agora não sei se Castle é série ou seriado. aff
    bacio

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  9. Que crime!Eu amo series tanto quanto amo o canal.viva e o vale a pena ver de novo!

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  10. Lidianne Andrade

     /  2 de junho de 2016

    até uns dois anos nao curtia mas algumas realmente me cativam. mas sou do tipo q nao gosto de hiato de séries entao espero acabar ou adiantar bastante para assistir um monte seguidamente

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  11. Adoro séries. No momento estou seguindo 3: Z Nation, The Walking Dead e Falling Water.
    Sinto muito falta de excelentes séries que foram canceladas depois de 1 ou duas temporadas, como Awake, SGU Stargate Universe e Keen Eddie. Ah, estou reassistindo no Netflix as Gilmore Girls (com áudio e legenda em italiano, para aumentar meu conhecimento dessa língua!)

    Curtido por 1 pessoa

    Resposta
  12. Olha, eu tinha este pensamento. Mas com o netlfix mudei meu pensamento.
    Assisto só aquela série até acabar, e as produções são ótimas. As dicas que dou no blog são de uma telespectadora muito critica!
    Por exemplo Sherlock vale muitoooo a pena!
    Abraços!

    Curtir

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: